O Mundo Original




sexta-feira, novembro 25, 2005

M.C. Escher: Möbius Strip II

4 comments


para quem quiser sabes mais sobre esta curiosidade matemática, deixo aqui o link para o artigo publicado na Wikipedia. AquiPosted by Picasa


terça-feira, novembro 22, 2005

para quem ainda n viu bem a coisa

3 comments

sempre podem tentar ir aqui.
Boa sorte. =)


0 comments

 Posted by Picasa


às voltas com a 4ª dimensão

1 comments


Salvador Dalí - Crucifixion ('Hypercubic Body') Metropolitan Museum of Art, New York Posted by Picasa


domingo, novembro 20, 2005

Esta semana em Barcelona

7 comments

Coldplay & Goldfrapp hoje à noite.
Sigur Rós na 3ª feira.
Kusturica na 4ª feira.
Concertos aqui não faltam...
E, para ajudar à festa, houve o Real - Barça ontem!


Real 0 - 3 Barça

3 comments

Parecia que tinham sido campeões do Mundo!

ADENDA:Como alguém com um olhar perspicaz notou, havia um enorme erro no título... Ainda bem que nenhum fanático do Barça viu senão tinha sido assasinado! E já agora, acho que não é razão suficiente para me chamares estúpido caramba!


Por cá...

0 comments

Brincar com o fogo é uma tradição.


Inflação

3 comments

- 3€, mas ainda ontem a cerveja era 2€!
- Mas hoje há o Real-Barcelona.
(Tradução livre)


quarta-feira, novembro 16, 2005

Filmes Outubro 2005

7 comments

The Secret Life of Words
(Desvantagens de não ter uma conexão à internet em casa e de a TV passar apenas filmes dobrados!)


System of a down

5 comments

Acabei mm agora de ouvir o album novo dos System of a down chamado Hypnotize. 1º facto interessante, só sai ao público no dia 22 de Novembro. Estes piratas da rede estão a ficar eficientes. Ainda bem que o saquei porque das duas uma, 2º Ou eu estou a ficar velho ou os SOAD estão cada vez a tocar para pessoal mais novo. 3º eles descobriram o elixir da juventude e quando lançaram o primeiro album estavam senis e a mandar musica boa, inovadora e agora sao uns putos de 18 anos que fazem letras que metem nojo aos cães.
E as músicas. Gi-zuz Cráiste -- tá a ficar mau... ou 4º eu hoje estou um bocado mal disposto.


E a consciência social?

1 comments

Ontem foi um dia em grande para a comunidade bloguista. Podem ler mais aqui.
Percam um segundo e leiam o resumo dessa brilhante página de conhecimento.
Se isto aconteceu só veio provar uma coisa, embora todos os bloguistas me contradigam (e ainda bem), isto dos blogs vem mesmo deitar por terra a consciência social. Um gajo (tipo eu) vem para aqui armado em alguém que não é, atira um bitaites para o ar (neste caso para a net), ninguém me pede para confirmar as fontes, nem sequer para confirmar se eu n terei tomado um valium fora do prazo quando escrevi tal barbaridade.
Por isso é que há tantos blogs. Isto é a derradeira prova de que queremos ser ouvidos mesmo quando (na maior parte dos casos) n temos nada de jeito para dizer. É aquela necessidade esquisita de parecer que queremos provar alguma coisa a alguém quando escrevemos. Talvez por hábito do censor (professor, chefe, etc) estar sempre presente como segundo leitor, o blog veio tornar o chamado diário (q muitos pensávamos ser uma coisa séria até aparecer aquele programa na 2: o diário da sofia) numa coisa electrónica que escrevemos para alguém.
No entanto o blog deveria ser algo escrito de dentro para fora, mas com toda a exposição que este implica acho q o facto de pessoas o usarem para o mediatismo barato ou para "serem o que nao sao" só me leva a pensar que eu n fui feito para escrever neles.


terça-feira, novembro 15, 2005

Num cantinho muito escuro...quase negro

0 comments

Um velhinho vai ao médico para fazer uns testes. Quando esses resultados estão prontos ele entra no consultório e o médico diz-lhe:
"A sua condição é muito preocupante, será melhor sentar-se."
Ao qual o velhinho preocupado responde -- "Mas o q se passa doutor, n me esconda nada!"
"Bem" diz o doutor, "Você tem cancro e tem Alzheimer."
Ao qual o velhinho responde "Ufa, ao menos não tenho cancro."





"Mondrian wanted the infinite, and shape is finite. A straight line is infinitely extendable, and the open-ended space between two parallel straight lines is infinitely extendable. A Mondrian abstract is the most compact imaginable pictorial harmony, the most self-sufficient of painted surfaces (besides being as intimate as a Dutch interior). At the same time it stretches far beyond its borders so that it seems a fragment of a larger cosmos or so that, getting a kind of feedback from the space which it rules beyond its boundaries, it acquires a second, illusory, scale by which the distances between points on the canvas seem measurable in miles.
The positive and the negative are the causes of all action ... The positive and the negative break up oneness, they are the cause of all unhappiness. The union of the positive and the negative is happiness.' The palpable oneness of the solitary flower or tower, being subject to time and change, had to give way to the subliminal oneness of a vivid equilibrium."
- From David Sylvester, "About Modern Art: Critical Essays, 1948-1997" Posted by Picasa


domingo, novembro 13, 2005

um dia estranho

1 comments


Willem de Kooning. Woman, II. 1952 New York (MoMA)


filmes outubro 05

1 comments

40 Years Old Virgin B+ (2005) Judd Apatow
Boom a Psydocumentary A (2005) Psynema
Barfuss A (2005) Til Schweiger
Crazy/Beautiful B- (2001) John Stockwell
Man with the Screaming Brain C (2005) Bruce Campbell
The long Weekend D- (2005) Pat Holden
Goal C+ (2005) Danny Cannon
Rollerball E- (2002) John McTiernan
The Brown Bunny C+ (2003) Vincent Gallo
Saint Ralph B+ (2004) Michael McGowan
Kinsey B (2004) Bill Condon
Hooligans B+ (2005) Lexi Alexander
Grizzly Man A+ (2005) Werner Herzog
Last days B (2005) Gus Van Sant
Strangers on a train B (1951) Alfred Hitchcock
Crime do padre amaro C+ (2005) Carlos Coelho da Silva
Inside deep throat D- (2005) Fenton Bailey
Rear Window A (1954) Alfred Hitchcock


quarta-feira, novembro 09, 2005

Daniel

3 comments

podes pôr aqui umas fotos de umas garrafas de Super Bock para eu matar saudades?


23 de Novembro

2 comments

Emir Kusturica e os No Smoking Orchestra no Razzmatazz
Finalmente vou conhecer um dos mais conhecidos palcos de Barcelona:)


Algo vai mal...

1 comments

...quando uma noite em que "apenas" 617 carros são queimados é considerada uma boa noite... O que se passa com este Mundo???


domingo, novembro 06, 2005

I chose not to choose life

2 comments

I chose UPF!


E esta, hein?

1 comments


sexta-feira, novembro 04, 2005

o rescaldo EMAs

6 comments

Ontem decorreram em Lisboa os European music awards (EMA) da MTV. Após olhar para as notícias sobre este evento ficaram-me na memória algumas observações que gostaria de partilhar.

Então passada a euforia de todos os artistas pop do planeta cá estarem, tudo se reuniu numa mega operação no pavilhão atlântico. Começando do início e a dar a cara a Shakira no telejornal da SIC, a falar em portunhol (ou brasileinhol). Os SOAD (system of a down) diziam a seguinte frase após a sua actuação ao vivo (e após ganharem um prémio qq) “vejam o estado em que a civilização chegou” ao qual o fiel povo tuga aplaudia efusivamente. Outro factor era esse mesmo, os britânicos, cujo accent n é decididamente de fácil compreensão, dirigiam grandes textos à plateia, a qual n sabia quando aplaudir, daí a razão de vindo do nada eles lá se lembravam… “Lisbon, i love u”, gritavam em euforia.

Outro acontecimento. Robie williams dizia em entrevista posterior à RTP:
(entrevistador): -- e então gosta destes acontecimentos?
(Robie): -- eu gosto pelo facto de no dia seguinte as vendas do disco subirem em flecha.
Finalmente algo sensato nessa noite que toda a merda ama Portugal.

No final da noite um after party extasiante em duas discotecas da capital. Todos os pops compareceram e as teenagers fanáticas à porta os esperavam. Curioso ver que há pais que deixam ir as filhas de 13 anos para a 24 de Julho para a porta de uma discoteca (onde nunca há manfios). Bem, numa destas discotecas que é o buddha (é tipo Buda em versão sms-cool-séculoXXI, sim é muito cool por o “h” em todas as palavrahs! (nesta curiosamente n ficou mto bem.)

Nessa discoteca então à porta estiveram os the gift, banda que ganhou o prémio para melhor banda portuguesa. À porta estavam e à porta ficaram porque embora eles clamassem em altos berros que estavam na lista de convidados, o que é certo é que talvez o segurança se tivesse assustado um pouco com o vestido algo “estranho” da vocalista Sónia.

Este ultimo acontecimento para mim é o mais impressionante de toda a noite, quer dizer, a melhor banda portuguesa é barrada à entrada de uma merda de discoteca portuguesa. Mas claro que o português tem a mania das grandezas e quando tem de pisar alguém amigo para chegar mais alto, n hesita.

Já agora, alguém reparou que o show foi apresentado por um jovem (Ali G) que se fazia passar por um tanso do cazaquistão. Certamente a MTV n passa nesse belo pais à beira do mar Cáspio plantado, ou então os cazaquistansos que aprendam a montar motins como os franceses (fica para um próximo post).


Para os mais distraídos

6 comments

Mudámos! (pelo menos visualmente!)


quinta-feira, novembro 03, 2005

The Secret Life of Words (2005)

2 comments

IMDB
No Domingo, resolvemos ir ao cinema depois de finalmente terminar o problem set de macro. Fomos lá, comprámos um bilhete para o Broken Flowers, com o Bill Murray, e pensámos que ainda dava tempo para comer qualquer coisa rápida no Burger King. Não estávamos à espera era que justamente o rápido do Burger King falhasse, acabando por ter que esperar quase 10 minutos por um hamburguer e batatas fritas (se calhar lá ainda ninguém lhes explicou bem o conceito de fast food...). Bom, tudo isto para dizer que acabámos, depois de uma pequena conversa com os empregados do cinema, por ver um filme The Secret Life of Words, um filme inglês mas de produção catalã, realizado por Isabel Coixet (que, segundo me contou a nossa colega catalã é uma muito conceituada realizadora de cá). Nos primeiros trinta minutos do filme, passei-os a arrepender-me da ideia de ter trocado o filme. No entanto, depois de um bocado o filme começou a tornar-se cada vez melhor e afinal a história não seguia aquela receita clássica de dois desconhecidos que se conhecem e se apaixonam, e tinha algo mais... Um bom filme que vale a pena ver para variar um bocadinho das produções americanas.
Já agora, Zé, se leres isto, a realizadora é a mesma de um filme que estávamos para ver um dia, e que por acaso agora me disseram que é muito bom, My life without me... Tenho que arranjá-lo para ver-lo agora...
Bom, vou voltar ao trabalho e a dor de cabeça teima em ficar....

ADENDA: Obrigado pu, por constatares o erro na grafia do nome da realizadora, que já foi corrigida!


Maldita dor de cabeça

4 comments

Não desaparece!


Procuro...

2 comments

Um quarto fechado, sem janelas, sem computadores, com paredes completamente brancas, sem ninguém a passar à porta (aliás, sem porta!) com uma cadeira dura e sem rodas, uma mesa dura também e sem rodas nem rodeios, para me poder concentrar!


Day After

2 comments

Acordar com aquela ligeira dor de cabeça que "não mata mas mói". Levantar-me, controlando a atracção que a minha cabeça sente pelo chão. Já de pé, olhar para trás para a cama e fazer um enorme esforço para resistir à tentação de saltar para o colchão. Não posso! Vou para a cozinha, como um croissant com chocolate, bebo um café com leite (a dor de cabeça continua...). Pensar em todas as famosas receitas, certo de que nenhuma resultará... Maldito cava!


Uma grande reforma

6 comments

É o que este blog precisa.


mundooriginal@gmail.com

Recentemente

A Arca do Tempo

Links


ATOM 0.3

Visitantes:

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Get Firefox!

Bug Me Not!