O Mundo Original




terça-feira, maio 31, 2005

SMS

1 comments

Oi, td bem? olha afinal excusa de vir amnh se ta dorido... abraÇo Scolari
(é preciso registar, por isso transcrevo aqui o parágrafo que interessa: Nuno Gomes e Miguel foram desconvocados por Luiz Felipe Scolari para os confrontos de sábado com a Eslováquia, na Luz, e quarta-feira com a Estónia, em Talin. De acordo com a Rádio Renascença, os dois jogadores do Benfica foram informados por SMS.)


DIA DO NÃO FUMADOR

1 comments

Hoje, dia 31 de Maio é o Dia do Não Fumador. Dia de poupar aqueles que, como eu, livremente decidem não fumar mas, infelizmente, são obrigados a fumar todos os dias nos cafés, nos centros comerciais, nos bares, no metro... Dentro deste âmbito, gostava de destacar e salientar (desculpem a redundância) a nobre campanha do metro para acabar com o tabaco nas estações de metro.
Neste sentido, cito, de cor, uma campanha que havia no metro de Barcelona: "Uma viagem de aviao leva cerca de 3 horas, no hospital esperamos horas e horas nas salas de espera e lá dentro, no escritório saímos de 2 em 2 horas, no entanto, não somos capazes de aguentar 2/3 minutos de espera pelo metro sem acender o cigarro!"
Milhares de pessoas morrem todos os dias devido ao tabaco e dessas uma grande fatia são não fumadores...


segunda-feira, maio 30, 2005

Uma notícia que nos interessa a todos… [Obrigado Liana]

5 comments

O programa do Governo PS inclui como objectivo a criação de um MBA de nível internacional em Portugal. Aparentemente, a escola escolhida pelo Governo socialista para criar este MBA seria a “nossa” Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa. Sei que a minha opinião é algo enviesada, mas parece-me a escolha lógica, dado que o actual MBA da Nova é a principal referência nacional a este nível, a própria Faculdade de Economia tem, de há algum tempo para cá, colocado os seus dois cursos no topo dos rankings nacionais (sendo também a instituição nacional que aparece melhor classificada em rankings internacionais da especialidade), além de que se trata da única instituição nacional com acreditação EQUIS. Quanto ao objectivo do Governo em si, concordo inteiramente, pois a sua concretização permitiria a credibilização do ensino de economia e gestão em Portugal, a formação de gestores de nível internacional, o que, em última análise, seria útil para fomentar a inovação e melhorar a imagem externa das empresas e gestores portugueses.

Mas o que me proponho comentar é um artigo de opinião, da autoria de Avelino de Jesus, sobre este objectivo de Governo. Deste artigo, ressaltam três ideias essenciais:
- O autor também concorda com este objectivo do Governo;
- O autor é favorável ao fim da autonomia das instituições de ensino superior público em Portugal;
- O autor defende a concentração de instituições (nomeadamente das três escolas públicas de economia e gestão localizadas em Lisboa).

Não deixando de concordar com muito do que se diz no referido artigo, o que me choca é a ideia de as instituições de ensino superior perderem a sua independência. Será que o Estado deveria participar directamente na sua gestão? Ocorrem-me milhões de razões para que isso não deva acontecer, principalmente tomando em consideração que estamos a falar da Administração Pública Portuguesa… Será que se deveria condicionar o pensamento científico às vontades inconstantes dos sucessivos elencos governativos? A cultura académica é essencial para gerar inovação, para investigar e explicar porquês, para sugerir novos caminhos e para levantar o dedo acusador quando tal é necessário, pelo que não pode estar sujeita a ligações promíscuas, quer institucionais, quer a nível de doutrinas políticas.

Quanto à concentração de instituições, esta com aspectos mais práticos, também não me agradaria que esta viesse a acontecer. Antes de mais, assumindo (que palavra tão querida aos economistas) que a nova escola teria que formar anualmente o mesmo número de gestores e economistas que as três escolas em separado, estaríamos na presença de uma mega-escola, o que tipicamente não traz bons resultados para a qualidade de ensino, especialmente por se correr o risco de perder algo que é essencial ao bom funcionamento de uma escola: a comunicação interna. Escusado será dizer que esta escola necessitaria de uma espaço físico com proporções bastante diferentes daquelas que qualquer uma das três escolas actuais dispõe, com custos associados que diluiriam parte dos eventuais benefícios provenientes de economias de escala resultantes da fusão (as quais aconteceriam principalmente em áreas de menor valor acrescentado das instituições, como por exemplo as funções administrativas e demais funções de suporte). Finalmente, deixaria de existir a rivalidade (chamemos-lhe competição) entre as três escolas, que as obriga, continuamente, a superarem-se, a melhorarem os seus índices de eficiência e qualidade. Além disso, três escolas diferentes são isso mesmo: três escolas DIFERENTES, três prismas diferentes, três formas de encarar a ciência económica (e sabemos que a diversidade de pensamentos é um elemento fulcral do progresso científico, pois uma forma diferente de pensar pode ajudar a criar uma resposta onde outros ficaram estagnados). Mais ainda, uma única escola seria um risco, pois se esta não conseguisse, de facto, ser competitiva internacionalmente, sem concorrentes nacionais acabaria por adormecer, tornando-se numa espécie de monstro preguiçoso.

Sei que este foi um longo discurso, mas pela importância que todas as questões relacionadas com o ensino superior assumem, pela existência de opiniões divergentes, estes assuntos devem dar que pensar aos decisores e a cada um de nós. Neste caso e porque esta questão me toca de forma próxima, não consegui deixar de o fazer, manifestando a minha opinião.

[P.S. Pedindo desculpa por vos agredir com o meu desejo oculto de ser cronista, desde já prometo não voltar a escrever textos desta natureza e sequer de dimensão aproximada até ao final, pelo menos, do corrente mês!]


Desabafo

8 comments

O que foi que ganhou ontem o Sporting e o Porto? É que andavam todos muito contentes...


Aqueles que PARAM...

3 comments

Dois dados sobre o fim-de-semana (um que me deixa indiferente, outro que me entristece):
- Afinal o Vitória de Setúbal parou o Benfica (pois é, parece que têm que emendar o cântico...);
- Os franceses pararam o Tratado de Constituição Europeia (isto sim, entristece-me e preocupa-me...);

Longe vão os tempos do Séc. XVIII, em que:
- Para aprofundar uma união de estados e construir uma grande democracia, bastava reunir um grupo de "iluminados" e ser rival dos ingleses - consultar o povo seria atrasar o processo de integração e de evolução democrática;
- O Benfica tinha equipas com valor suficiente para fazer uma "dobradinha".


domingo, maio 29, 2005

3 comments


Gauguin: Where do we come from? What are we? Where are we going? (1897) Museum of Fine Arts, Boston

"This is Gauguin's ultimate masterpiece - if all the Gauguins in the world, except one, were to be evaporated (perish the thought!), this would be the one to preserve. He claimed that he did not think of the long title until the work was finished, but he is known to have been creative with the truth. The picture is so superbly organized into three "scoops" - a circle to right and to left, and a great oval in the center - that I cannot but believe he had his questions in mind from the start. I am often tempted to forget that these are questions, and to think that he is suggesting answers, but there are no answers here; there are three fundamental questions, posed visually.

"On the right (Where do we come from?), we see the baby, and three young women - those who are closest to that eternal mystery. In the center, Gauguin meditates on what we are. Here are two women, talking about destiny (or so he described them), a man looking puzzled and half-aggressive, and in the middle, a youth plucking the fruit of experience. This has nothing to do, I feel sure, with the Garden of Eden; it is humanity's innocent and natural desire to live and to search for more life. A child eats the fruit, overlooked by the remote presence of an idol - emblem of our need for the spiritual. There are women (one mysteriously curled up into a shell), and there are animals with whom we share the world: a goat, a cat, and kittens. In the final section (Where are we going?), a beautiful young woman broods, and an old woman prepares to die. Her pallor and gray hair tell us so, but the message is underscored by the presence of a strange white bird. I once described it as "a mutated puffin," and I do not think I can do better. It is Gauguin's symbol of the afterlife, of the unknown (just as the dog, on the far right, is his symbol of himself).

"All this is set in a paradise of tropical beauty: the Tahiti of sunlight, freedom, and color that Gauguin left everything to find. A little river runs through the woods, and behind it is a great slash of brilliant blue sea, with the misty mountains of another island rising beyond Gauguin wanted to make it absolutely clear that this picture was his testament. He seems to have concocted a story that, being ill and unappreciated (that part was true enough), he determined on suicide - the great refusal. He wrote to a friend, describing his journey into the mountains with arsenic. Then he found himself still alive, and returned to paint more masterworks. It is sad that so great an artist felt he needed to manufacture a ploy to get people to appreciate his work. I wish he could see us now, looking with awe at this supreme painting." Retirado de aqui.


3 comments


Domingo, dia de ir à pesca...


Pequenas alegrias...

2 comments

Poder entrar no Firefox (qualquer versão), escrever mundooriginal na barra de endereços, carregar Enter e vir aqui parar! (sem definir nenhum keyword...)


Dead Poets Society (1989)

4 comments

Revi ontem este espectacular filme de Peter Weir que nos fala de John Keating (Robin Williams, 5 estrelas), o novo professor de inglês no tradicionalista colégio de Welton que vem introduzir uma inovadora e não ortodoxa forma de ensinar e que, contra as regras do colégio, incentiva os seus alunos a tornarem-se livres pensadores. Os seus métodos começam a criar polémica e vários professores vêem-se ameaçados pelo seu carisma e pela forte influência que exerce sobre os alunos, incentivando-os a perseguirem os seus objectivos e os seus sonhos. Um filme espectacular, daqueles que nos marcam para toda a vida e que vale a pena, como, aliás, eu fiz, rever de vez em quando...


4 comments


Vermeer: The Astronomer (1668) Musée du Louvre


sábado, maio 28, 2005

Zivot je cudo (2004)

0 comments

Qualquer dia escrevo sobre este filme... mas não hoje! E que têm vocês a ver com isso, perguntam?


sexta-feira, maio 27, 2005

Não resisti... Agradecimentos de um benfiquista

7 comments

Gostaria de AGRADECER:

- A todos que enviaram imagens de sofás e cadeirões, dizendo: "Queres ser campeão? Então espera sentado". Foi um bom conselho. Isso de esperar 18 ou 19 anos dá experiência nestes assuntos;

- A todos os que enviaram avisos sobre possíveis doenças transmissíveis pelo "mofo" acumulado desde 1993. Não se preocupem, pois Portugal já passou epidemias bem piores, nomeadamente os 18 e 19 anos acima referidos. Mas como o agradecimento é sincero, fica uma sugestão: RENNIE ou KOMPENSAN para a azia;

- A todos os que enviaram o aviso que tinham problemas na versão Word 1.0 de 93/94 e não conseguiam escrever "Benfica Campeão". A grande maioria dos portugueses reportaram o facto à Microsoft, a qual desenvolveu a aplicação "1 a 0" versão 04/05, pelo que já podem escrever as tão desejadas palavras, porque não irá ocorrer de novo qualquer problema;

- A todos que enviaram o vídeo do Gato Fedorento, "O adepto do Benfica". É um grande momento de humor. Embora continuemos a querer ganhar por "quinje a jero", conclui-se mais uma vez, que não é necessário ganhar com algumas goleadas para ser campeão (a outra foi na longínqua época do treinador John Mortimore);

- A todos os que enviaram menus de restaurantes com "Salada Russa", após a eliminação do Benfica pelo CSKA (tivemos azar...apanhamos os russos no início da UEFA, houve quem tivesse mais sorte e só apanhou no fim). Esqueceram-se que a referida salada se serve fria.

Gostaria, ainda, de AGRADECER:

- Ao Ricardo, por ser benfiquista e nos fazer rir muito, com as suas actuações. É sem dúvida, dos melhores em Portugal;

- Ao facto do Mourinho ter saído do FCP. Foram menos 20 pontos, em relação à época passada. De facto, um grande treinador, que transforma o mediano em óptimo;

- Ao Pitbull, ao Leandro, ao Areias, ao Leo Lima, ao Fabiano Fabuloso, ao Pepe, ao Claudio, ao Del Neri e ao Luis Fernandez;

- Ao Trapattoni, que nos fez ganhar o campeonato, mesmo piorando 9 pontos, em relação ao ano passado. Isto apesar de termos sido eliminados da UEFA pelo vencedor desta prova, para quem não sabe, o CSKA ("a melhor equipa que defrontámos esta época");

- Ao Peseiro, pela frase acima referida;

- Aos russos que, a 18 de Maio, gritaram "Viva o Benfica";

- Ao Luisão que, em Janeiro, após derrota com o Beira-Mar afirmou: "Em Maio vamos ver quem festeja!". Ele tinha razão. Foi o marcador de um dos golos mais decisivos dos últimos tempos;

- Ao fantasma da Luz, que após ter feito um penalty sobre o Jardel, na época 2001/2002, redimiu-se e fez a falta sobre o guarda-redes do Sporting, no dia 14 de Maio, na Luz;

- Ao Manolo Vidal (que considerou legal o golo do Benfica) e ao Soares Franco, que afirmou: "Não temos nada a reclamar em relação ao golo." [declaração logo após o jogo da Luz]. Finalmente, alguém que conseguiu tirar o filtro verde do televisor;

- Ao Pampilhosa, por não estar na Taça de Portugal, na altura em que se disputava a 33ª Jornada, o que impediu novamente a "limpeza" de cartões amarelos (alguém poupou 15000 euros);

- À Bandeira de Portugal, que nos vai emprestar as Quinas para os equipamentos;

Só para não haver confusões: quando falo no Ricardo, estou a referir-me ao Ricardo Araújo Pereira, do Gato Fedorento.


Finding Neverland (2004)

3 comments

Este filme conta-nos a história por detrás da lendária história do Peter Pan e a Terra do Nunca. J.M. Barrie (Johnny Depp) é um famoso dramturgo sob pressão para escrever uma peça depois do fracasso da última e com falta de inspiração. Num dos seus habituais passeios pelo jardim para se inspirar acaba por conhecer uma família de uma senhora víuva, Sylvia Llewelyn Davies (Kate Winslet), e os seus quatro filhos e começa a desenvolver-se uma enorme amizade entre Barrie e esta família, em especial um dos filhos, o Peter (Freddie Highmore). Acaba por ser esta amizade, que começou por criar alguma polémica, a inspirar Barrie para escrever a maior obra da sua vida, inspirada na chamada Terra do Nunca que já tinha imaginado enquanto criança e em Peter. Uma história muito comovente e espectacular que nos conta a verdadeira história por detrás da mágica e tocante história de Peter Pan. Mais um daqueles filmes que nos trás a lágrima ao canto do olho e nos faz reajustar o top 10... Simplesmente brilhantes as actuações de todos os actores, incluindo as quatro crianças e, especialmente, de Depp no difícil papel de Barrie. Um filme mágico!


Na playlist

2 comments

- Rosie Thomas: Only With Laughter Can You Win (2003)
- Margarida Pinto: Apontamento (2005)
- System Of A Down - Mesmerize (2005)
- Nitin Sawhney - Philtre (2005)
- Jack Johnson - In Between Dreams (2005)
- Morphine - The Night (2000)
- Pink Floyd - Atom Heart Mother (1970)
- Rufus Wainwright - Want One (2003)
- Zero 7 - When it Falls (2004)

Eu sei que tenho gostos algo diversificados, mas eu sou assim mesmo!
Se se perguntarem a dado momento, mas alguém lhe pediu alguma coisa? É verdade, ninguém me pediu nada, mas ora que diacho! Eu teria eventualmente de escrever alguma coisa. Só por pirraça para essas pessoas que pensam essas coisas de mim, a mim também não me estava a apetecer muito partilhar a minha aprumada playlist convosco (tomem lá!). Para todas as outras pessoas (mãe, eu sei, és a única), obrigado por se interessarem pela minha selecção musical.


Horizonte

0 comments


O mar anterior a nós, teus medos
Tinham coral e praias e arvoredos.
Desvendadas a noite e a cerração,
As tormentas passadas e o mistério,
Abria em flor o Longe, e o Sul sidério
'Splendia sobre sobre as naus da iniciação.

Linha severa da longínqua costa ---
Quando a nau se aproxima ergue-se a encosta
Em árvores onde o Longe nada tinha;
Mais perto, abre-se a terra em sons e cores:
E, no desembarcar, há aves, flores,
Onde era só, de longe a abstracta linha.

O sonho é ver as formas invisíveis
Da distância imprecisa, e, com sensíveis
Movimentos da esp'rança e da vontade,
Buscar na linha fria do horizonte
A árvore, a praia, a flor, a ave, a fonte ---
Os beijos merecidos da Verdade.

Fernando Pessoa


quarta-feira, maio 25, 2005

1 comments


Recebi isto no meu e-mail...


Planeta Zero

1 comments

Acrescentei aqui ao lado à nossa ainda não muito extensa lista de links um link para o blog de um ser vindo de um distante planeta chamado Planeta Zero, respeitando o príncipio da reciprocidade dos links... Um blog a ter em conta... Ainda por cima, apesar de vir de tão longe, é benfiquista:)


terça-feira, maio 24, 2005

0 comments


Turner: Keelman Heaving in Coals by Night, The National Gallery of Art at Washington D.C.


Jeff Buckley - Live at L'Olympia

3 comments

Filho de Tim Buckley, músico dos anos 60, Jeff Buckley é, simplesmente, um espectacular músico e cantor. Neste CD, gravado ao vivo no mítico L'Olympia de Paris, Jeff mostra-nos os seus mais famosos registos musicais, num concerto em que estabelece uma relação intíma com o público. A melodia, as letras, tudo nas suas canções roça a perfeição. Pena que tenha decidido abandonar-nos tão cedo, pondo fim à sua vida. Este CD é um must para os verdadeiros aprecidadores de música. No entanto, não se aconselha a pessoas que estejam depressivas ou a pensar em suicidar, a não ser que estejam à procura de coragem...


Este domingo...

3 comments

Mais dois estádios vão-se vestir de vermelho! (Primeiro o Nacional às 5 da tarde e depois o da Luz mais tarde...)
VAMOS PARA A DOBRADINHA! 11 anos depois as duas taças voltam a encontrar-se no mostruário do Estádio da Luz! FORÇA CAMPEÕES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Outro Pensamento Rápido

1 comments

Este fim-de-semana mais uma vez comprovei aquilo que desconfiava há muito tempo... em Portugal só há dois clubes: o Benfica e o Anti-Benfica... depois existem várias variantes dos anti-benfiquistas, como variante Sporting, variante Porto, etc.
Anhas, tu por acaso és uma feliz excepção a esta questão, és um dos poucos Sportinguistas puros...


Pensamento Rápido

4 comments

Porque é que os comunistas utilizam a palavra "capitalista" como se fosse uma ofensa?

Bem, vou deixar-lhes umas dicas. Se quiserem mesmo ofender alguém podem começar por: nojento; corno; rabeta; cab**o; filho da p**a; monte de m***a; pane****o...

Agora, a chamarem capitalista não se safam. A menos que o objecto do insulto seja alguém que carregue os sss e que trate toda a gente por camarada. Mas aí arriscam-se a levar um murro...


Darwin Awards

4 comments

Site
Os prémios Darwin, uma iniciativa que já existe há cerca de 10 anos na internet, são histórias de pessoas que se mataram da forma mais estúpida possível, como aquele que se matou a olhar para dentro de um tanque de gasolina com um isqueiro, e, assim, contribuem para a teoria evolucionista de Darwin através da sobrevivência dos mais aptos da espécie. Um site para perder uns minutos a rir e ler algumas histórias e que já deu direito à edição de, pelo menos, dois livros. Divirtam-se!


segunda-feira, maio 23, 2005

Teste Europa II

1 comments

Score: 38/44
Avg. Error: 55 Miles
Pct. Correct: 86%
Time Total: 448 secs

(Ok... isto é o que faz um trabalhador caloiro quando é "abandonado" no local de trabalho. De qualquer forma terei oportunidade de componsar com umas noitadas de trabalho...)


Teste da Europa

3 comments


2 comments


CAMPEÕES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Dear Frankie (2004)

1 comments

Mais um daqueles filmes com actores e realizador desconhecidos mas que acaba por surpreender pela positiva. Quem já ouviu falar de Shona Auerbach que fez um brilhante trabalho de realização deste filme. Ou de Jack McElhone e Emily Mortimer que fazem também um grande trabalho representando, respectivamente, Frankie, um jovem rapaz surdo-mudo, e a sua mãe Lizzie, que vive em constante paranóia pela condição do filho. Um especacular filme que nos faz pensar na vida e nos deixa um bocado melacólicos no final. Vale a pena ver!


sexta-feira, maio 20, 2005

Dêem vida a este blog...

3 comments

É tão fácil! É só fazer login no www.blogger.com, carregar na seta verde à frente de "O Mundo Original", e escrever qualquer coisa... isto é um desafio!


sexta-feira, maio 13, 2005

Deixem-se de m****s...

7 comments


quinta-feira, maio 12, 2005

Onde estão?

6 comments

Os bloggers activos do Mundo Original? Quer dizer, um gajo passa dois dias a beber, volta à Terra e está tudo como dantes?


segunda-feira, maio 09, 2005

Só mais uma coisinha...

3 comments

"Boa tarde, quer contribuir para o Banco Alimentar contra a fome?"
Pois é, já vão tarde para esta campanha...


Vou-me calar...

2 comments

...por umas horas porque este blog corre o risco de se tornar num irritante monólogo...


domingo, maio 08, 2005

Que fixe!

0 comments

Aqui estou eu a fazer mais um "trabalho-google"... Emocionante!


Citação do dia

2 comments

" ... when you can measure what you are speaking about, and express it in numbers, you know something about it; when you cannot express it in numbers, your knowledge is of a meagre and unsatisfactory kind; it may be the beginning of knowledge, but you have scarcely in your thoughts advanced to the stage of science ... "
Lord Kelvin


sábado, maio 07, 2005

Daniel...

1 comments

...devolve-nos lá aquele teu texto de apresentação do blog "O mundo original é o mundo de cada um de nós e tal..." que ficava lá tão bem!



...eu consigo ver o blog bastante bem num monitor com uma resolução de 1280x1024, num computador com o Windows XP com SP2 com o Mozilla Firefox 1.0.3 e com o Microsoft Internet Explorer 6.0.2... Se alguém tiver dificuldades em ver o blog ou lhe parecer muito estranho por favor indiquem-me estas informações para o mail aqui ao lado ou através de um comentário...


Banco Alimentar Contra a Fome

1 comments


Causa Nossa

1 comments

"O 'tiranete do Funchal'
Se há ocasiões em que temos de lamentar a indisponibilidade online do Público é quando gostaríamos de recomendar artigos como de Francisco Teixeira da Mota, na edição de ontem, sobre o levantamento da imunidade parlamentar a um deputado da assembleia regional da Madeira, por alegado ataque à honra do presidente do Governo regional.
Aqui fica um excerto:

«Sublinhe-se que o crime alegadamente praticado pelo deputado do PS seria o da difamação agravada, já que as expressões utilizadas poriam em causa valores como a invocada honra do referido titular de cargo político. Estamos no 'núcleo duro' da liberdade de expressão: a crítica aos nossos poderes públicos e à nossa vida social, económica e política. Essa a verdadeira razão de ser da imunidade parlamentar: a protecção da liberdade de expressão dos deputados, tornando a sua palavra o menos constrangida possível. Mas os deputados do PSD, já que todos os restantes abandonaram a sala, rebaixaram-se e aprovaram a entrega do seu par ao braço judicial.»

Na verdade, no dia em que um deputado puder ser acusado em juízo por declarações políticas contra o Governo -- que nada têm de pessoal --, mesmo produzidas fora da Assembleia, algo vai profundamente errado na pseudodemocracia regional madeirense. A decisão da maioria jardinista na assembleia regional da Madeira constitui uma injúria à autonomia parlamentar e à independência política dos deputados da oposição. Ataques políticos combatem-se com meios políticos, e não na barra dos tribunais."

Vital Moreira in Causa Nossa
A estranha democracia da Madeira mais uma vez em evidência... Porque não retirar a imunidade a João Jardim em todos os casos contra ele interpostos pela Comissão Nacional de Eleições de abuso de poder?


A vida aos 22... II

7 comments

Coloca-se sempre aquela velha questão: quando temos tempo e vontade, não temos dinheiro; quando temos dinheiro e vontade, não temos tempo; quando temos tempo e dinheiro, não temos dinheiro... Um dos grandes dilemas da vida... Será que era boa ideia parar um ano no final do curso para ir fazer uma viagem e só depois começar a trabalhar? Muitos fazem-no porque, devido à sorte da vida, conseguem ter, simultaneamente, tempo, dinheiro e vontade... Muitas universidades americanas e inglesas (sinceramente, não sei se as portuguesas fazem o mesmo...), dão, ao fim de 5/6 anos de trabalho um ano sabático aos seus professores... Alguns utilizam-no para ir dar aulas ou fazer investigação noutras universidades, outros para fazer a viagem da sua vida... Sinceramente, acho que todos nós devíamos, pelo menos uma vez na vida, fazer uma viagem pelo Mundo fora, mas nem todos têm essas preferências... Há quem prefira juntar dinheiro para comprar uma casa, há quem prefira comprar um carro, eu, sinceramente, preferia viajar, conhecer novos mundos e países... Algumas empresas, especialmente consultoras de topo, também oferecem aos seus colaboradores, após 3/4 anos de trabalho, ou após completarem o MBA, umas férias alongadas de 5/6 meses para que possam fazer a tal viagem à volta do Mundo...
Há quem afirme que a vida está organizada ao contrário... que deveríamos começar por morrer, ter uns anos de reforma se fazer nada, trabalhar para juntar dinheiro e, depois, jovens, cheios de energia e com o dinheiro poupado para "curtir a vida"...
Mas, pronto, eu não vi o Before Sunrise ainda...


sexta-feira, maio 06, 2005

A vida aos 22

0 comments

Hoje, e na sequência do filme que vi (Before Sunrise, 1995) dei comigo a pensar que sou novo demais para ir trabalhar. Chamem-lhe medo, eu chamo-lhe cedo demais. Eu tenho a sensação obtusa que tenho o mundo para conhecer, e sinceramente acho que as responsabilidades terão de esperar. A condicionante monetária entra obviamente em conflito com todo o problema e o famoso “pinga no fim do mês” pode em certos casos ser imprescindivel. Mas pensem comigo, não será também a minha liberdade intelectual posta em causa quando visto um fato e gravata e vou trabalhar. É certo que deverão haver empregos altamente entusiasmantes, mas o facto dessa escolha nos ser induzida desde que chegamos a meio do curso da faculdade (por volta dos 20, 21 anos), não tornará esse passo um passo embebido de emoções negativas? Parece que ouvimos por toda a parte o sussurro “É inevitável”. As próprias celebraçoes académicas de final de curso sao essencialmente infelizes - significa o fim da vida académica. Isso é sempre mau.

Isto das responsabilidades é deveras interessante. Porque será que a maioria das pessoas da minha idade sente a necessidade de ir visitar o mundo exactamente no ano de transição entre faculdade e primeiro emprego. Será pela necessidade de fugir? Não acho que seja, porque quando fui para a universidade também ia enfrentar um mundo diferente e não senti a necessidade de ir conhecer o mundo. Eu penso que é exactamente nesta idade que nos consciencializamos que quando começarmos a trabalhar, as férias não vão ser para as extravaganças, vão ser para descansar. Mas só tomamos consciência que isso é a realidade (e nisso sou bem tuga) no último momento.

Eu queria verdadeiramente que todos vocês me dessem a vossa opinião sobre este assunto, até porque podemos só aqui em leitores deste blog alcançar várias perspectivas. Há quem esteja dentro do mundo do trabalho, fora, à procura, desinteressados e depois temos o Paulo =)

O que queria que pensassem é no seguinte: os 22 anos (mais ou menos) são ou não uma boa idade para entrar no mercado de trabalho. Não será uma melhor idade para conhecer e explorar, já que temos a consciência de tantas coisas que não tínhamos quando éramos mais novos. Reparem bem nos erasmus que vêm para cá. São todos mais velhos, 23, 24. Ou então a situação da Inglaterra onde o recém-licenciado pode optar por um ano sabático (com bolsa) logo no fim do curso (e mesmo no fim do 12º ano). Será que esta precocidade é boa para as empresas. No extremo, será melhor trabalhar logo aos 22 e ter a reforma um ano mais cedo (em vez de 65 ser aos 66). Será que ai teremos incentivos para ir conhecer o mundo? Acho que vale a pena pensar nisto durante uns minutos. Estou muito curioso para saber as vossas opiniões, mesmo que elas vos pareçam obsoletas. Colaborem!


O que fica de bom?

4 comments

O André colocou esta questão quanto à re-eleição de Tony Blair...
Fica, provavelmente, o único político britânico declaradamente pró-Europeu e pró-Euro. Só isto já é algo muito bom... (não estou a fazer jus a Gordon Brown, também marcadamente pró-Europeu, que é, admirem-se, o seu braço-direito e potencial próximo primeiro-ministro...)


Daniel...

0 comments

Peço-te encarecidamente que me emprestes o Livro do Desassosego...


1 comments


Gottlieb, Harry: Steel Town, 1939, oil on canvas


Este post não é sobre futebol...

0 comments

... mas este aqui é...


Limitação de Mandatos

0 comments

Muito se tem falado da limitação de mandatos mas tem sido esquecido um assunto que me parece bastante mais importante num sistema democrático é o das incompatibilidades derivadas dos mandatos que, infelizmente, nenhum dos partidos de poder tem coragem para mexer... De facto, não percebo como pode ser compatível que um deputado da Nação seja ao mesmo tempo Presidente da Câmara de um concelho ou que, por exemplo, esse mesmo Presidente (ou vice-Presidente) da Câmara seja também Presidente (ou vice...) de um clube de futebol, ou de uma Liga de Clubes, dando azo a situações como a de Gyl y Gyl na terra de Nuestros Hermanos...


Sinceramente...

1 comments

...espero que, tal como aconteceu após o 25 de Abril, este surto anti-guerra do Iraque que está a acontecer na Europa não leve a uma retirada completa das forças ocidentais deste país, deixando-o nas mãos dos milhares de guerrilhas que por lá andam... Apesar de não ter concordado com esta guerra no ínicio penso que é obrigação dos países que a criaram, tentarem, pelo menos, manter a estabilidade por lá até que seja possível uma retirada que não venha a deixar o Iraque numa situação bem pior do que aquela que estava sob o regime de Saddam Hussein.


Paulo Portas... V

0 comments

Mobes, se vires aqui esta notícia e diz lá, afirmado por um colaborador de Paulo Portas, que uma das razões foi a decisão de comprar fragatas norte-americanas.
Repara que não tenho nada contra a modernização das Forças Armadas, que acho essencial. Aliás, dentro dessa modernização, sem dúvida que a Marinha é um dos pontos mais importantes porque de nada serve lutarmos pela reserva do direito à pesca das nossas águas territorias quando as embarcações pesqueiras espanholas conseguem escapar, sem quaisquer problemas, às embarcações da nossa Marinha(Que, na sua grande maioria, são autênticas peças de Museu)... Aliás, como já disse acho que Paulo Portas fez um excelente trabalho na pasta da Defesa, fazendo aquilo que se impunha às nossas Forças Armadas, no sentido de profissionalizá-las (algo que faz todo o sentido num país, como o nosso, que não está em guerra...) e modernizá-las. Talvez a altura não fosse a mais indicada, mas isso já será uma questão a colocar ao Ministro das Finanças que canalizou os fundos para a Defesa... Paulo Portas apenas fez o que tinha a fazer com os seus fundos. E acho que a modernização da nossa Marinha era uma questão de muita importância, mesmo em tempos de contenção.
Agora o que questiono é o facto de Paulo Portas ser condecorado por ter escolhido as fragatas americanas... Isso sim, parece-me algo muito pouco transparente. (Imaginem se em vez de se tratar de um país, se tratasse de uma empresa, e em vez da condecoração, fossem uns dólares...)


Tony Blair

1 comments

Tornou-se ontem no primeiro líder trabalhista britânico a conseguir três mandatos consecutivos para Primeiro Ministro, com o seu projecto do "New Labour". No entanto os resultados das eleições, muito abaixo do espectacular resultado alcançado em 2001, mostra um grande descontentamento com a situação no Iraque... De facto, se virmos os resultados, pode-se reparar que quem ganhou os votos que os Trabalhistas perderam não foram os Conservadores, também muito pró-atlânticos, que mantiveram quase o mesmo resultado de há 4 anos atrás, mas sim os partidos mais à esquerda e anti-guerra...



The New York Times > Education > On Education: SAT Essay Test Rewards Length and Ignores Errors: "SAT graders are told to read an essay just once and spend two to three minutes per essay, and Dr. Perelman is now adept at rapid-fire SAT grading. This reporter held up a sample essay far enough away so it could not be read, and he was still able to guess the correct grade by its bulk and shape. 'That's a 4,' he said. 'It looks like a 4.'"


Paulo Portas IV

1 comments

Na minha modesta opinião isto já começa a desenvolver uma teoria da conspiração. Ok, Paulo Portas foi condecorado, mas penso que quem esteve mal foram os americanos que tomaram esta medida, não acreditando que foi devido à compra das fragatas.

Existem países com menor probabilidade de entrarem em guerra e estão muito melhores equipados. Claro que a maioria destes países como os nórdicos, já se encontram muito bem desenvolvidos e estruturados. Claro que com a passagem do exército para um regime profissional, a actualização e modernização dos nossos materias de guerra é essencial. Qual é o incentivo de um individuo se alistar para estar a trabalhar com equipamento obsoleto? Lá está um trade-off dificil de calcular.

Tendo em conta o ambiente económico e social o melhor seria, na minha opinião, a contenção de despesas a curto prazo e depois sim, viria um olhar mais atento à Defesa (e à Saúde já agora, etc.).


Paulo Portas... III

3 comments

Quanto à questão da democracia representativa, tal como já disse, discordei completamente da decisão do Dr. José Manuel em relação à guerra do Iraque, mas, infelizmente, tenho que reconhecer que estava nas suas competências e, parece-me, era uma decisão que tinha que ser tomada demasiada celeridade para se poder fazer um referendo... Será que foi realmente contra a vontade de uma nação inteira? As manifestações indicam que sim, no entanto quem está de acordo raramente se manifesta...
Mas, de qualquer forma, o que mais me choca na notícia da condecoração é que uma das justificações foi a opção por duas fragatas norte-americanas no re-equipamento das forças armadas portuguesas. Será que isto não pode ser considerado corrupção?
Quanto a Paulo Portas ter subscrito o documento que apoiava a guerra, ficámos a saber no seu discurso de abertura do congresso do CDS que, em nome da estabilidade, estava disposto a calar todos os seus descontentamentos...


2 comments


Dali: Metamorphose de Narcisse (1937) - Tate Gallery, London


Absurdo

8 comments

Tornarmo-nos esfinges, ainda que falsas até chegarmos ao ponto de já não sabermos quem somos. Porque, de resto, nós o que somos é esfinges falsas e não sabemos o que somos realmente. O único modo de estarmos de acordo com a vida é estarmos em desacordo com nós próprios. O absurdo é o divino.

Estabelecer teorias, pensando-as paciente e honestamente, só para depois agirmos contra elas – agirmos e justificar as nossas acções com teorias que as condenam. Talhar um caminho na vida, e em seguida agir contrariamente a seguir por esse caminho. Ter todos os gestos e todas as atitudes de qualquer coisa que nem somos, nem pretendemos ser, nem pretendemos ser tomados como sendo.

Comprar livros para não os ler; ir a concertos nem para ouvir a música nem para ver quem lá está; dar longos passeios por estar farto de andar e ir passar dias no campo só porque o campo nos aborrece.

in Livro do Desassossego de Fernando Pessoa (pseud. Bernardo Soares)


Deambulações Metafísicas

6 comments

Hoje queria pensar um pouco sobre a importância de um texto grande no blog. Sim, este tema é pertinente. Se eu fizer um post de uma página muitos jovens o que vão fazer é passá-lo todo para baixo, usando por vezes até a rodinha do rato (scroll). Excluindo a atenuante de haver ratos (modernos) que dá para carregar nessa rodinha para baixo fixando o scroll, o tema de rodar a rodinha é importante. Se um jovem me achar uma seca, o que é normal porque até a minha própria namorada acha (vide o meu último post sobre arte), é normal também que é minha missão preparar esses jovens para o futuro. São o futuro da nação. E aqui reside o busílis dos posts compridos. Ao rodarem a rodinha muitas vezes, os cachopos vão desenvolver o dedo indicador. Exactamente o dedo que serve para apontar, o que serve para indicar, etc. Notem bem que eu até posso estar a treinar os jovens que intervém nas aulas de amanhã (entre nós só talvez chateie o Paulo que deverá ser o único professor de nós).

Haverá então mais para escamotear no assunto de posts compridos? Claro que sim, até porque nesta altura do post (exactamente aqui) eu já posso escrever tudo sobre toda a gente porque ninguém vai ler. Noventa por cento das pessoas ficou na segunda linha. Mas tudo por um bom dedo indicador, e que jeito ele dá ás vezes em situações mais obscuras (fica ao critério de cada um).


quinta-feira, maio 05, 2005

Paulo Portas... II

3 comments

Pauloabx, quando eu digo “à revelia de uma nação” é claro que não me estou a referir a Durão Barroso (ou José Manuel, nos dias que correm), estou a referir-me à população em geral, para a qual essa foi uma das medidas mais impopulares tomadas pelo elenco governativo de Durão Barroso. Além disso, quando digo que Portas enviou os “desgraçados da GNR para a boca do lobo”, é óbvio que me refiro a ele apenas por ser o responsável pela pasta da Defesa nacional, tendo sempre em conta que o responsável e decisor último de todo este processo foi Durão Barroso, mas Paulo Portas subscreveu-o! Por outro lado, o que pareceu irónico naquela situação foram as palavras de Rumsfeld face a Portas, que o tratou quase como herói de guerra. Na minha opinião, os únicos heróis de guerra, são aqueles que estão, efectivamente, no terreno, independentemente do lado em que se situam. Por outro lado, neste tipo de processos, os políticos que ajudam a promover a guerra sem conseguirem sequer chegar a soluções de compromisso que a possam, de alguma forma, legitimar, aparentam-se mais com anti-heróis.

Sei o que é uma democracia representativa. Sei que Durão Barroso tinha competências para tomar estas medidas. Mas também sei que a democracia representativa só existe porque é a forma mais eficiente de representar as vontades de um povo, ou de uma maioria da população, sendo que neste caso era evidente que a maioria da população se opunha a esta guerra.

Finalmente, em relação à renovação do nosso material de guerra (a qual também encaro como necessária), considero que existiam outras prioridades, especialmente tendo em conta que começou numa fase em que a economia portuguesa se encontrava em recessão e em que era vital adoptar medidas de contenção orçamental (até para que o Governo pudesse ser o primeiro a dar o exemplo às entidades públicas). Os fundos que ficaram “bloqueados” com estas compras poderiam ter sido utilizados em medidas contra-cíclicas, que se provariam bem mais úteis para todos nós. Além disso, fazer investimentos de fundo num cenário em que ainda existe incerteza quanto à eventual criação de uma força militar europeia e em que moldes poderá esta ocorrer, parece-me precipitado. Por muito eficiente que tenha sido o papel de Portas neste processo de renovação, acredito que serviu mais os seus interesses pessoais - o populismo falou mais alto…



Mais uma aposta do "O Mundo Original". Contamos com ideias mais jovens e irreverentes! Muitos posts esperamos de ti. Hasta!


Lei pesada mas...

2 comments

A PSP do Porto deteve hoje de madrugada, no Porto, um condutor profissional de nacionalidade ucraniana envolvido num acidente de aviação quando conduzia embriagado. O acidente não foi grave mas parece que por mais penalizante sejam seja a legislação, o people profissional continua a beber e beber para conduzir. (Infelizmente, acontece com muitos condutores por todo o Portugal).

Bem, visto por outro lado se calhar é para afogar as mágoas, com saudades da terra Natal. Outra hipótese será ainda não ter conhecimento da legislação nacional, mas não deixava de ser um "condutor profissional". Será que ninguem lhe transmitiu a ideia???

Nada tenho contra os emigrantes. Acho que ainda se tem que melhorar os serviços, principalmente por parte do Governo, da adaptação e orientação para tantos emigrantes que começaram desde há muito a rumar para Portugal. Hasta!


Chegámos aos 500

1 comments

O nosso primeiro meio milhar de visitantes!!! Obrigado a todos os colaboradores deste blog que tornaram isto possível! Vamos lá chegar aos mil!


André...

3 comments

...em relação às tuas teorias conspirativas em relação a Bush e Blair, penso que se olhares para as sondagens britânicas verificarás que Blair não necessita desse tipo de ajudas... Por outro lado, questões de combate ao terrorismo os maiores rivais de Blair estão no seu próprio partido e não na oposição, já que esta tem uma política muito mais dura de combate ao terrorismo e, como tal, quanto muito a ajudinha tinha sido a Howard, o líder dos Conservadores...


Ainda Paulo Portas...

1 comments

No último congresso do CDS/PP, Portas acusou Durão Barroso de ter quebrado "o contrato de confiança entre o povo e a maioria" ao ter aceite o convite para presidir à Comissão Europeia... Será que mais ninguém além de mim se lembra de uns cartazes de fundo azul e letras amarelas a dizer "EU FICO!" espalhados pela cidade de Lisboa?


Paulo Portas...

2 comments

Não sabia dessa notícia de que Paulo Portas foi condecorado pelo Pentágono nem sou grande apoiante deste ou do seu método de fazer política... No entanto, sou obrigado a discordar contigo anhas quando o acusas de enviar, "à revelia de uma nação, os desgraçados da GNR para a boca do lobo". De facto, se há alguém que pode ser culpado por essa decisão política é o Primeiro-Ministro da altura, hoje Presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso. Tanto tu como eu sabemos muito bem que tal decisão nunca seria deixada nas mãos de um mero Ministro da Defesa (mesmo sendo ele simulataneamente Ministro de Estado e líder do partido menor da coligação)... Por outro lado, acho que Paulo Portas fez um excelente trabalho como Ministro da Defesa, renovando o nosso material de guerra que já deveria estar num museu...
Em relação à questão de ser "à revelia de uma nação", apesar de, tal como a grande maioria dos portugueses, não ter concordado com essa decisão, há que reconhecer que estava nas competências que demos a Durão Barroso ao votar no seu partido para dirigir Portugal por 4 anos (sim, apesar de tudo, votámos nele para 4 e não 2 anos...)... A isto se chama democracia representativa...


Atentado (ou talvez não)!?!?

4 comments

Duas explosões de fraca potência ocorreram hoje em frente ao consulado britânico em Nova Iorque. Estas provocaram danos ligeiros ao edifício, não causando no entanto feridos. (by CNN)
De acordo com o ministério dos Negócios Estrangeiros britânico o Reino Unido encontra-se a investigar as explosões ouvidas por volta das 3h50 locais (8h50 em Lisboa).

Curiosamente estas duas detonações registaram-se no dia de eleições gerais no Reino Unido…

Será coincidência? Ou mais uma ajudinha do aliado Bush?!?!
Fazem-se explodir umas bombas de Carnaval, alega-se obra de terroristas, o povo treme com medo, os ingleses pensam que se acontece nos EUA mais facilmente lhes acontece à porta de casa e como que por magia, votam Blair (grande combatente do terrorismo). Perdoam-lhe os “erros” do passado, e talvez até os justifiquem...
Fica a incerteza, a dúvida, …, e talvez também Tony Blair.
Pergunto eu: E o que fica de bom?


Paulo “Rambo” Portas?

1 comments

O nosso “querido” ex-ministro da Defesa, Paulo Portas foi ontem condecorado, no Pentágono, pelo falcão Donald Rumsfeld por serviços públicos distintos (e não pensem em ordinarices quando aqui se fala em serviços distintos e públicos, que o prémio refere-se mesmo ao seu desempenho enquanto responsável da pasta da Defesa!).

O que eu questiono é esta lógica: então o Sr. ex-Ministro envia, à revelia de toda uma nação, os desgraçados dos GNR para a boca do lobo e quem recebe uma condecoração e elogios pela coragem demonstrada é ele? Então e os que foram para lá arriscar a vida (e voltaram)? Recorde-se ainda que, apesar de não terem existido baixas, a zona em que estavam os nossos militares (comando italiano) não era das mais seguras, pois foi aí que ocorreu um dos principais atentados deste lamentável pós(?)-guerra, felizmente antes de chegarem os nossos compatriotas. Mas é óbvio que no meio disto tudo o herói foi, sem dúvida, Portas, foi ele o guerrilheiro que andou no terreno a zelar pela segurança dos iraquianos… Ainda se ele fosse um mero político populista que se limita a assinar uns papéis e depois vai dormir descansado… aí sim, era injusto!

Reflexão de última hora: estranho que o nosso amigo Donald (com este nome oriundo da nossa infância faço o senhor parecer menos odiável) tenha atribuído esta condecoração a um estrangeiro, algo que raras vezes acontece. Possivelmente, o contigente português no Iraque tinha um peso muito significativo para a Aliança. Deve ser esse o motivo. Ou então, Portas optou por duas fragatas norte-americanas para reequipar as forças armadas...


Aqui estou eu...

2 comments

... de frente ao teclado à procura da inspiração e coragem para esta minha primeira vez.
Embora na maioria das outras primeiras vezes apenas se agradeça no final (quando se agradece), gostaria de começar por agradecer a possibilidade de partilhar convosco ideias, conhecimentos, sentimentos, e algumas paixões...
Falando de paixões, não poderei deixar de desejar a melhor sorte para a restante representação portuguesa nas competições europeias. Força Sporting, com dedicação e devoção, com sorte ainda chegas a campeão (ou não!!!).


quarta-feira, maio 04, 2005

Sou...

2 comments

...cidadão do mundo, europeu, português e lisboeta... Por esta ordem! E por isso é que voto SIM no referendo à Constituição Europeia. Voto SIM ao esforço de congregar todos os tratados europeus num só, voto SIM à criação de uma lei de bases para a Europa, voto SIM a uma aceleração do projecto da integração europeia e voto SIM a uma Europa fundamentada no respeito pela pessoa e dignidade humana. O que não quer dizer que concorde com tudo o que está escrito no tratado, mas como se trata de uma votação na generalidade e não na especialidade...
(os menos distraídos podem reparar que isto foi copiado de outro sítio... mas, a pedido dos meus colegas, resolvi pôr isto aqui para lançar esta discussão sobre o referendo que aí vem, tendo em conta, também o que se tem passado com as sondagens na França...)


Ao contrário...

3 comments

... de outros blogs este blog não quer ser o "que a direita detesta" nem o "que a direita adora", mas, pura e simplesmente, um blog de ideias vindas de um grupo variado de amigos...


Este post não é sobre futebol...

1 comments

...mas se fosse era a responder ao teu anhas!


Mais um...

2 comments

...aqui no meio de nós... bem-vindo mac!


Boas Mac!!

0 comments

Já temos mais um novo membro, do qual estamos na ânsia de ler os seus posts. Afinal, cada qual tem a sua visão e forma de interpretar todas as situações e momentos da vida deste planeta. BEM VINDO! Hasta!


3 comments


Lagoa de Pitangui - Natal 2004


Coincidências coloridas

0 comments

Em apenas três dias, dois clubes que jogam de vermelho ganharam com intervenções preciosas de oito homens que correm de amarelo a dois clubes que jogam de azul.

Moral da história: espero que o homem de amarelo de amanhã não seja daltónico entre o verde e o azul.

[Não quero com isto ofender os daltónicos, até porque, tendo em conta a política de diversidade deste blog, existe um entre nós…]


Competição e Cultura II

1 comments

Em relação à questão da competição e cultura, vale a pena olhar, por exemplo, para o mundo da Sétima Arte, onde se denota claramente uma hegemonia americana porque, ao contrário de muitos europeus, nunca tiveram problemas em olhar para a cultura como um processo competitivo. Penso que na Cultura, como em quase tudo, a competição é sempre algo saudável. Foi graças a esta que, de entre milhões de textos e livros escritos em toda a história, os grandes autores se destacam sempre...


Bibilioteca Europeia Online

0 comments

Continuando na senda do post cá deixado pelo anhas sobre a possível criação de uma Biblioteca Europeia Online, acho uma excelente ideia na medida em que possibilitaria um acesso facilitado a uma base de livros gigantesca a milhões de pessoas por todo o mundo. Infelizmente, mais uma vez, a Europa vai atrasada neste projecto. Outra forma a ponderar seria também as bibliotecas europeias contribuirem com este projecto do google, já que, como sabemos, este motor de busca já é claramente o mais utilizado no mundo e, a assoicação a ele, permite um número substancialmente maior de visualizações. Outra vantagem do google é o facto de não ser um motor de busca exclusivamente dedicado aos livros, o que faz com que alguém que esteja apenas a efectuar uma simples pesquisa na net, encontre logo, em lugar destacado, alguns livros sobre o tema no google.
Estes dois caminhos possíveis devem, na minha opinião, ser muito bem ponderados de forma a decidir qual será o melhor para os utilizadores de todo o mundo. O problema é que, como sempre, o tempo escasseia...


Competição e Cultura

2 comments

O Presidente em exercício da UE, Jean-Claude Juncker, veio recentemente a público defender a criação de uma biblioteca digital europeia, o que significaria a publicação on-line de “alguns” milhões de livros. Esta posição surgiu na sequência de um movimento de algumas das principais bibliotecas europeias (obviamente lideradas pela Biblioteca Nacional de França e sem qualquer participação directa portuguesa) que têm vindo a propor à União a tomada de medidas face a um projecto conjunto do Google (esse mesmo, o motor de busca) e de algumas das principais bibliotecas norte-americanas (Michigan University, Harvard, Stanford, New York Public Library, Bodleian), ao abrigo do qual serão, ao longo dos próximos dez anos, digitalizados e disponibilizados gratuitamente on-line cerca de 15 milhões (!) de livros. As bibliotecas europeias justificam a sua posição com a necessidade de dar resposta a um mega-projecto americano que, segundo as mesmas, poderá levar a uma “americanização” excessiva da cultura mundial e influenciar de forma decisiva (e favorável aos americanos) a forma como as gerações futuras deverão encarar o passado. Segundo os franceses, os principais promotores da resposta à “googlelização” cultural, existe o risco real de se dilapidar o legado histórico-cultural europeu.

O que me parece certo é que esta competição cultural entre europeus e americanos (como qualquer competição saudável) acabará por se traduzir no benefício últimos dos consumidores que, neste caso, e dentro de poucos anos, poderão de forma gratuita e com toda a comodidade da Internet, aceder a duas mega-bibliotecas que tornarão acessível a todos grande parte das grandes obras literárias ocidentais. Para quem acha que a competição aberta e declarada pode ser prejudicial à cultura, este é um caso a merecer reflexão.


terça-feira, maio 03, 2005

Carocho

5 comments

Aqui está um adjectivo calão que está na moda. O que é um carocho? Temos vários significados para a palavra carocho, mas sem dúvia a principal é um drogado, ou uma pessoa que passa os dias a tomar, ingerir, injectar ou snifar substâncias ilicitas e que não faz mais nada da p... da vida!

Segundo os grande Da Weasel, aqui vai uma parte de uma letra da música "Loja", também apelidada de "Canção do Carocho"

"Chibos interesseiros. Intrujos manhosos. Bacanos desorientados à espera d’ algo, sem saber o quê ao certo, mas com toda a certeza de que o saberão quando a cena finalmente surgir. Miúdas que quase que fazem uma mamada em troca de um algodão. Quase que fazem, o caralho, fazem mesmo. Caras e corpos de 40 anos que na verdade viveram apenas metade desse tempo. Barracas impregnadas com aquele ar nauseabundo. Muletas ligaduras hematomas sangue coagulado. O cheiro, não se consegue disfarçar o cheiro. Surgem vozes de todo o lado: Boa branca, boa castanha, Serenal Paxilfar amoníaco prata bomba, "IO" sai do meio da rua e encosta à parede! “Filha da puta do carocho só faz é merda”!!! Vai fechar a loja mas o puto não comprou nada, Não comprou nada, Não comprou… "

Claro que existem outras definições mais discretas, mas este julgo ser um bom exemplo real e com "paleio e asneiredo portuga".


Hattrick.org

6 comments

Pois é! Como se tem falado muito de futebol no blog, aqui vai um jogo online para quem não tem muita paciência para jogar e explorar todas as potencialidades do jogo.´Considera-se um jogo +- simples. Joga-se uma duas vezes por semana, uma para o campeonato ao sábado e outra à quarta para a taça, ou então se não existirem jogos para a taça, podes sempre realizar um amigavel com um amigo. Experimentem. Vale a pena esperar quase uma semana para seres inscrito.


Eu, Paulo Abecasis,...

6 comments

Venho por este meio comprometer-me por minha honra a não voltar a falar de futebol aqui até que o Benfica seja campeão!


Levanta-te e Ri

1 comments

Um programa de humor nacional que começou muito bem, animando as noites de segunda-feira de muitos portugueses com um humor sem preconceitos e de qualidade e que, desde há cerca de um ano para cá tem vindo a piorar cada vez mais de qualidade, tornando-se preconceituoso na sua própria exploração dos preconceitos sociais e numa clara arma de propaganda da SIC contra a TVI... É realmente uma pena, tendo em conta, ainda por cima, que a semana passada perdeu o único bom humorista que lhes restava, o apresentador Marco Horácio... Resta-nos agora os quatro do gato...


E eis que surge o grito do ipiranga

3 comments

Queria apenas dizer a todos os meus comparsas bloguistas que isto aqui...isto aqui... É tudo uma cambada de gatunos (arbitros da superliga), uma cambada de ladrões (impostos, logo o Estado português) e uma cambada de chupistas (prostitutas de qq lado). Aqui vai o grito: Se pussessem as prostitutas a declarar rendimento, a profissão tornava-se mais segura, criava mais empregos, elas pagavam impostos e reduziam a carga tributária ao José Médio (adaptado do Average Joe). Ora se a prostituição se tornava legal, as meninas que o Pintinho da Costa pagaria aos arbitros seriam tão inofensivas como um queijinho da serra (um famoso presente q os arbitros recebem quando vão apitar um jogo à minha zona). Quem é que se lixa no meio de isto tudo? Não são os clubes grandes que ainda podem pagar o fisco até 2010, coitados... Quem se lixa aqui são as mulheres dos árbitros... Ó que destino vil e cruel para tal espécie..


segunda-feira, maio 02, 2005

3 comments

Viva a Naval! Posted by Hello


FOGO!!!!

5 comments

Chega de posts sobre clubes que jogam de verde e branco!!!!!


Naval Subiu Subiu Subiu!!!

1 comments

Só antes de começar, um recado para o Anhas. Não tive tempo, visto que a celebração tem sido ao rubro e a bebedeira só agora começa a passar... No Dia em que fez 112 anos de existência, e sendo a 4ª colectividade inscrita de Portugal, a Associação Naval 1º de Maio subiu à Superliga depois de 3 anos a sofrer.

Só para conspirar e informar, na época passada só não subiu devido ao problema bem conhecido do "Apito Dourado". Dependia de um jogo do Estrela da Amadora se não me engano. Estes tinham que ganhar, mas estavam empatado e já nos descontos lá apareceu um penalty como o golo do McCarthy nesta semana.

Justiça se fez, o que não quer dizer que para o ano não voltamos a descer, mas ACREDITAMOS que não. Olé Naval!! Acabo com um cântico da Squadra Verdi (claque navalista).

Eu vi a tua mãe no SEXYHOT
SEXYHOT, SEXYHOT
E estava a levar no PACOTE
NO PACOTE, NO PACOTE


Dia do Trabalhador num Domingo

2 comments

Para fugir um pouco ao futebol, um bocado como resposta ao post do anhas sobre o Dia do Trabalhador, lembrava apenas que quando, há 3 anos Bagão Félix, no seu tão mal-afamado Código, falou em passar a fazer todos os feriados às Sextas ou às Segundas, rapidamente lhe caíram o Carmo e a Trindade em cima...


É incrível...

2 comments

...a dor de cotovelo que se sente por aí quando o Benfica vai em primeiro lugar!



Já que o nosso colega figueirense não o faz, eu aproveito para gritar: PARABÉNS NAVAL pela primeira subida da tua centenária história ao escalão principal do futebol português!


Dia do Trabalhador

1 comments

Sendo o único trabalhador deste blog (os outros são ainda sanguessugas da sociedade, leia-se estudantes universitários) cabe-me a mim falar disto. Ontem foi Dia do Trabalhador, o que não deixa de ser irónico, dado que foi era Domingo. Claramente este 1º de Maio não respeitou os direitos do trabalhador, quer por não garantir mais um dia de descanso a milhares de trabalhadores, quer por obrigar milhares de sindicalistas a utilizar o dia do sagrado descanso para as actividades de comemoração/comício/protesto. Além disso, eu próprio o vi, este dia obrigou muito boa gente a sentar-se nos veículos da entidade patronal, dado que tiveram que os “pedir emprestados” para efectuarem o suporte às manifestações contra a ditadura do capital (tenho a certeza que os patrões tiveram todo o gosto em ceder esses veículos para poderem ser chamados de exploradores e para que alguns pudessem defender a nacionalização das suas empresas com motes acerca da necessidade de um novo Abril). Toda esta intensa actividade decorreu num feriado, pelo que eu proponho que, para além da revisão do Código do Trabalho, seja revisto o Código dos Feriados Nacionais.


É triste...

2 comments

…quando a ignorância é motivo de orgulho. Na cerimónia anual com a imprensa estrangeira (ou qualquer coisa desse género...), Laura Bush afirmou: “Eu trabalhava numa biblioteca… mas mesmo assim acabei por conhecer o George!” Falava, claro, daquele que é o homem mais poderoso do mundo. Sintomático.


Finalmente o porquê de Pinigol...

1 comments

Sem querer embarcar em grandes comemorações, resta-me fazer uma pergunta: O que se passa com Pinilla? Em 72 horas o chileno marcou quatro golos, decidiu dois jogos e fez apenas o segundo hat-trick desta Superliga - tudo isto depois de 30 jornadas de angústia que nos fizeram questionar como é que o puto tinha ido parar a Alvalade (e como é que ele poderia ser internacional chileno). Afinal se Pinigol dormia em frente em baliza devia ser apenas do fuso horário face ao Chile, mas parece que o avançado está finalmente na zona GMT Lisboa... Três questões (uma séria e duas provocações aos meus colegas bloggers): será que depois de um “Liedson resolve” vamos ter um “Pinigol resolve”? E no Benfica quem resolve? Será a mão de Deus?



Menos um com que nos preocupar... (Mas fogo, bem que preferíamos que esse vestisse verde e branco!)
Parece que, tal como há cinco anos atrás, numa repetição da história, vamos ter um encontro dos eternos rivais da Segunda Circular na penúltima jornada... e que, tal como há 5 anos, bastará à equipa da casa vencer para ser campeão... e, tal como há cinco anos atrás, essa equipa vai jogar a última jornada em casa de um clube portuese... espero que, tal como há cinco anos atrás, vença o BENFICA!


domingo, maio 01, 2005

Nem tudo são más notícias...

3 comments


Ai Ai Ai o Campeonato!

0 comments

O Sporting ganhou 3-0 ao Sporting de Braga :(. Parabens aos Sportinguista. Sou sincero ao dizer que não vi o jogo e por isso não posso criticar, arrgghh. Tenho apenas que dizer que sou da mesma opinião do pauloabx, quando diz que o Benfica tem sido a equipa mais consistente e regular da época. Tenho também que afirmar, e sendo benfiquista custa-me, que o Sporting e o Porto estão a melhorar o rendimento. O que vale é a Uefa, onde os Verdes e Brancos lá ficam um bocado desgastados. Mas uma coisa é certa. O campeonato está ao rubro ou não? Vai ser até ao fim. Só espero, para bem de 5 ou 6 milhões, que o Sporting não ganhe o campeonato na Luz. Isso é uma coisa que me atormenta, já que tivemos a maior desilusão como portugueses naquele estadio, contra um país que tem como capital Atenas. Hasta


Jose Mourinho Campeão! Surpresa?

4 comments

Quer gostemos quer não, José Mourinho é o treinador campeão de Inglaterra. Já desde o principio da época que se previa o desfecho de mais uma etapa na carreira, que já muitos chamam de melhor treinador do Mundo. Para isso bastaram 3 épocas, conquistando tudo o que havia para conquistar e agora no Chelsea (que compete em 4 frentes) só lhe correu mal uma competição.

Todos perguntam: "Como é possível?". A resposta começa a clarear ao fim destes três anos. Uma coisa é certo, os ingleses já olham com outros olhos para os Portugueses. Por que será? Afinal o que conta é mesmo a capacidade intelectual, a inteligência e a frieza de raciocínio entre muitas outras coisas.

De notar a espantosa evolução de carreira de José Mourinho. Não se surpreendendo nunca com os feitos alcançados e com a presença de uma gestão pessoal e de marketing muito bem conseguida. Penso até que as situações mais embaraçosas servem para o promover. Será certamente um treinador sempre lembrado por todos, e em especial pelos adeptos das equipas por onde passou e há-de passar.

Claro que tudo isto não aparece do nada, e há que respeitar o trabalho realizado (e não há de ser pouco) e mudar a mentalidade dos mais radicais que poderiam pensar que o Mourinho tinha ido à bruxa. O homem trabalha e não deve ser pouco. Claro que outra questão será o ordenado. Há pessoas aí a trabalhar que se fartam e não recebem nem 1/10. Mas claro que esse assunto já foi discutido muitas e muitas vezes e há de o ser no futuro. Hasta!


Dia da Mãe

1 comments

Hoje é dia da Mãe, dia de nos lembrarmos da nossa progenitora que, durante 9 meses, nos amou sem sequer nos ver, apenas sentindo os nossos pontapés na sua barriga, que nos deu do seu próprio leite quando éramos jovens, que aturou todas as nossas birras (e continua a aturar), que tanto nos amou e ama sem nunca pedir nada em troca... OBRIGADO MÃE!!!


mundooriginal@gmail.com

Recentemente

A Arca do Tempo

Links


ATOM 0.3

Visitantes:

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Get Firefox!

Bug Me Not!