O Mundo Original




quinta-feira, março 31, 2005

Saw

3 comments


Um filme que prende qualquer um do principio ao fim! Um Thriller "puro" em que cada peça faz parte de um puzzle de uma enorme dimensão e complexidade, onde todas as peças se unem, revelando num final verdadeiramente surpreendente.

Realizado por James Wan. Um realizador novo tendo apenas mais um filme realizado em 2000, um filme de horror entitulado: "Stygian". A história central centra-se na angústia de Dr. Lawrence Gordon (Cary Elwes) e Adam (Leigh Whannell) quando acordam num tipo de armazem sem se recordarem de como lá foram parar. A maneira escolhida por Jigsaw, o serial killer, de matar as suas vitimas é pelos seus jogos psicológicos completamente paranóicos.


4 comments


Pablo Picasso: Guernica 1937. Oil on canvas. Museo del Prado, Madrid.


terça-feira, março 29, 2005

Pro Evolution Soccer 4

1 comments


Para o meu primeiro post decidi falar-vos do Pro Evolution Soccer 4, ou mais conhecido por PES4. Este jogo, na minha opinião é o melhor no momento em termos de jogos de futebol. Quantas noites já passaram a jogar este jogo? Nenhuma? N
ão sabem o que perdem. Basta um jogo para ficarmos "agarrados" ao monitor e não querer nem sequer jantar. Claro, isto para os mais viciados.
A melhor caracteristica do jogo é sem duvida o seu motor de jogo. Já vem de há muitos anos e agora bastante melhorado deste a sua primeira versão. Qual Fifa! A única vantagem do Fifa é possuir todos os componentes oficiais, e embora seja uma vantagem, ao nível do jogo em si não tem comparação possível com o PES4. Sigam o nosso conselho e vão dar uma espreitadela a www.konami-pes4.com que vão ver que gostam e não é pouco. Hasta e fiquem bem!


segunda-feira, março 28, 2005

Bomba Inteligente

2 comments

Apeteceu-me falar de música, mas não de um álbum, como seria de esperar... A música que quero falar é a música que se pode ouvir na bomba inteligente... Aqui podem ouvir, todos os dias uma música escolhida a dedo por Carla Hilário de Almeida Quevedo... Não conheço, mas tenho que afirmar que a escolha de músicas é sempre muito boa... Vale a pena passar por lá todos os dias e ouvir...



Site Oficial
Vencedor da edição deste ano dos óscares, um dos filmes mais aclamados do ano, certamente já todos ouviram falar deste filme, a última obra-prima de Clint Eastwood. A história já todos devem saber, mas, se quiserem, pode ser vista, por exemplo, aqui ou fazendo uma pesquisa rápida por Million Dollar Baby no Google.
Será certamente redundante elogiar mais este filme, mas é mais forte do que eu... De facto, neste filme o argumento, a realização e escolha das câmaras, as grandes actuações de Hillary Swank, Morgan Freeman e Clint Eastwood tudo junto conseguem captar o espectador e predê-lo à história ao ponto de ficar apaixonados, como Scrap e Frankie Dunn, pela perseverança, força de vontade e coragem de Maggie Fitzergald e querer que ela ganhe todas as lutas em knockout, como ela gosta. No final, o filme atinge uma dimensão de épico com 30min de sofrimento que nos fazem crescer a lágrima no canto do olho... Apenas um senão. Acho que esses 30minutos podiam ser encurtados sem tirar nenhum valor ao filme, mas Clint Eastwood quer mesmo ver se materializa aquela lágrima...
Bem, no meio de todo este emaranhado de ideias, cá fica o meu primeiro comentário para este blog...


2 comments


Salvador Dalí: The Persistence of Memory (1931)


domingo, março 27, 2005

The Gift - AM/FM

4 comments


Site
A escolha deste álbum para o meu primeiro post não é por acaso. Esta é a minha banda nacional do momento. Chamou-me à atenção no segundo álbum, o Vinyl, já de um distante 1998. O álbum seguinte foi o Film de 2001, já conhecido por quase todos os atentos da música nacional. Mas interessa aqui analisar o AM/FM. Se existem bandas que evoluem na sua música, os The Gift são um exemplo bem bom.

Temos no AM um disco que constitui o aperfeiçoamento de todas as técnicas sonoras à lá Massive Attack, ou seja, o conceito de ambiente sonoro é explorado ao máximo. A grande vantagem que eu vejo nos The Gift é que para além do multifacetado Nuno Gonçalves com todos os arranjos sonoros, vem a completar a voz da Sónia Tavares que fits like a glove neste ambiente suprasónico. Não quero comentar os pormenores técnicos da voz, quero sim alertar alguém que pense ouvir o disco, que veja o DVD que acompanha os primeiros CD’s lançados. O DVD é constituído por um conjunto de filmagens “caseiras” da Vinyl Tour e da produção em estúdio deste álbum. Quem pensa que é um vídeo secante, engana-se. Mostra o bom e o mau da banda, os podres são realmente os mais interessantes…Hmmm…Nasty.

Foi por ver esse DVD que a obra dos Gift me aliciou ainda mais. Ver a Sónia Tavares com o seu feitiozinho como só as mulheres conseguem (não fossem elas a melhor coisa do mundo) e como todos os membros reagem a casas vazias, a discotecas que mais parecem bares de engate. Enfim, imperdível. Por outro lado o DVD alertou-me a certos pormenores de produção que identifiquei no disco. Os ambientes sonoros incluem tantos instrumentos que só ouvindo e repetindo se identificam. Sou sincero, as primeiras 5 vezes que ouvi o disco apenas consegui ouvir a voz dela. Inebriante.

Para acabar esta review ainda muito desorganizada (não fosse ela a primeira) tenho de dizer que o lado FM do disco já não é tanto para mim. Acho que esse lado, no qual se inclui o single Driving you slow (com um vídeo clip que me faz lembrar o apple ipod, tudo branquinho...seja isso bom ou mau) já não é sublime como o primeiro lado. As músicas são mais femininas, sem aquele toque sonoro que me prende e me tira o ar, talvez mais indicado para as actuações ao vivo. Que são o sustento de qualquer artista. Exemplo disso é o segundo tema 11.33. É daqueles que soa melhor com a aparelhagem no máximo e a abanar a cabeça. É nestes temas que nos lembramos dos The Gift ao vivo, quem já viu sabe do que estou a falar. (esta é a chamada publicidade implícita, porque os que ainda não viram ficaram um bocadinho que seja curiosos de saber do que estou a falar…claro que agora com esta adenda já perderam toda a curiosidade)

Executive Summary: quem não ouviu e sentiu este AM/FM vai ter de ouvir, nem que seja para sentir o álbum, nem que seja para pensar um pouco na música nacional e o quanto ela é importante para nós no exterior e para cada um de nós, no interior de cada um. Aproveitem...


Bem-vindos

2 comments

Bem-vindos ao Mundo Original... Aqui neste blog vão encontrar tudo sobre os livros, os filmes, os jogos, a música, todas as coisas que nos apetecer comentar ou opinar... Desde já vos garantimos que este blog vai ser um blog original sobre o nosso mundo e as nossas experiências... Não levem nada do que aqui lerem muito a sério, mas esperem sempre opiniões pessoais e intransmissíveis...
O nome do blog, como o olhar mais atento já reparou, remete a um livro de Vergílio Ferreira que brevemente será, certamente, comentado por um dos nossos colaboradores...


mundooriginal@gmail.com

Recentemente

A Arca do Tempo

Links


ATOM 0.3

Visitantes:

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Get Firefox!

Bug Me Not!